segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Foi então que começou a ter uma vaga idéia do que significava sofrer.


 


"Tinha mais ou menos doze anos quando um dia se viu só, tendo sido abandonada subitamente pelo pai de Franz. Franz suspeitava que alguma coisa de grave havia acontecido, mas sua mãe simulava o drama com palavras neutras e medidas para não traumatizá-lo. Foi nesse dia, quando saía do apartamento para juntos darem um passeio pela cidade, que Franz notou que sua mãe estava com sapatos descasados. Ficou confuso, quis avisá-la, temendo ao mesmo tempo magoá-la. Ficou com ela duas horas pelas ruas sem poder despregar os olhos dos seus pés. Foi então que começou a ter uma vaga idéia do que significava sofrer."



(Milan Kundera - A insustentável leveza do ser)

Um comentário:

Jeferson Cardoso disse...

Oi Kelly!
Em pequenos detalhes se vê a real situação...
http://jefhcardoso.blogspot.com lhe convida e espera para ler e comentar “O truque dos lenços coloridos”. Abraço e boa semana.